O que motivou sua empresa a adotar a Gestão de Processos?

Por Maurício A. Santos, ProcessMind

A partir de hoje, gostaríamos de poder aproveitar este canal de comunicação para levantar um pouco da situação da Gestão de Processos nas empresas no Brasil. A cada post vamos levantar uma pergunta simples e direta e aguardamos os comentários de vocês. Em seguida compilaremos os resultados e apresentaremos aqui.

Para começar, gostaríamos de saber das empresas que já estão adotando a Gestão de Processos, qual foi o principal gatilho para que o trabalho fosse iniciado. De nossa experiência, podemos listar os seguintes fatores:

A. Reduzir custos dos processos
B. Aumentar a satisfação dos clientes
C. Definir melhor as responsabilidades das pessoas
D. Buscar melhorias para os processos, aumentando a competitividade da empresa
E. Automatizar os processos, para aumentar produtividade
F. Atender a normas e certificações (ISO, SOX etc)
G. Outros (especificar)

Participe comentando esse post! Logo estaremos divulgando e comentando os resultados. Até.

Publicado em BPM. 4 Comments »

4 Respostas to “O que motivou sua empresa a adotar a Gestão de Processos?”

  1. Ariovaldo Says:

    Apesar de não ter iniciado a implantação de Gestão de Processos, busco uniformizar padrões de processos em escritórios de advocacia, que necessitam de acompanhamento constante em suas diversas etapas.
    Processos societários, que dependem dos serviços prestados por órgãos governamentais, como por exemplo constituição e alteração do contrato social de empresas, passam obrigatoriamente por etapas na Junta Comercial, Receita Federal, Prefeitura, etc.
    Cada vez mais os clientes necessitam saber, se possível através da web, em que fase está cada processo.
    Utilizando-se uma ferramenta BPM com solução em web é possível atendé-lo, aumentando sua satisfação com melhorias de processo e definição de responsabilidades entre aqueles que executam cada etapa.

  2. Humberto Says:

    O maior motivador está sendo a necessidade de implantar um ERP em substituição aos inúmeros sistemas existentes. Implantar um ERP e não adotar uma das melhores práticas de negócios, que é a gestão de processos, seria jogar dinheiro fora. Como consequencia, se espera também uma maior automatização de tarefas e a eliminação daquelas que não agregam valor ao negócio.

  3. Mauricio Says:

    Em relação a questão do ERP, acredito que um ponto importante é entender que, após mapear os processos, algumas atividades poderão ser automatizadas pelo ERP (com suas melhores práticas embutidas) sendo que outras poderiam ser suportadas por um sistema espcífico para automação de processos (BPMS). As duas soluções podem ser complementares e trazer a melhor solução de automação dos processos.

  4. Celso Bastos Says:

    A organização que trabalho o Exército Brasileiro adotou, desde 2003, a implantação de um programa chamado de Programa de Excelência Gerencial (PEG). O PEG-EB, portanto, visa a adoção pelo Exército de práticas gerenciais que conduzam a um melhor desempenho dos projetos e processos e à melhoria da qualidade dos produtos e serviços na Instituição.
    A organização enfrenta algumas reações internas para uma nova metodologia.
    Os primeiros resultados já estão aparecendo. Várias Organizações Militares(OM) estão sendo premiadas pelo Prêmio da Gestão Pública (GESPÙBLICA) antigo PQSP.
    Cada vez mais entendemos que gerir processos é o caminho para a qualidade e a excelência ou seja transformar a organização num padrão de referencia.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: